29/01/2011

[Resenha] O Espaço Inexplorado


O século XXII e seus contrastes... Uma época na qual a tecnologia e a evolução da medicina poderiam oferecer às pessoas uma qualidade de vida nunca antes vista em nosso planeta. Os efeitos desastrosos da devastação dos recursos naturais da Terra, no entanto, têm um impacto muito maior que as conquistas da humanidade. Uma população apática, entediada e sem esperanças vive em um planeta extremamente poluído. Um momento triste na história da humanidade, no qual apenas uma incrível novidade poderia despertar os seres humanos de um total desânimo. Até que... Surge a oportunidade! De um lado, um sábio astrônomo, desencantado com o mundo. De outro, uma adorável bióloga, dotada de sentimentos e poderes muito especiais. - Ambos centenários - Juntos, eles terão a oportunidade de ajudar nosso povo a conhecer e desvendar os mistérios Do Espaço Inexplorado!

A história de O Espaço Inexplorado (Editora Livrus, 348 páginas) se passa  num futuro distante e inimaginável, onde a expectativa de vida é bem maior devido ao avanço científico e tecnológico que a humanidade conquistou. As pessoas vivem por um século e para toda e qualquer doença existe um remédio. Só não há cura para a calamidade que estava sendo estabelecida no planeta Terra: a fauna e a flora quase completamente desaparecidas, espécies inteiras de animais extintas, clima confuso... O mundo estava no seu fim. A poluição já se tornava visível no ar daquele que um dia fora o mais lindo planeta conhecido. Os humanos já estavam em depressão, num tédio eterno.
Entre esses seres sem razão alguma para viver estava William. Com seus 102 anos, nosso herói já havia desistido de suas tentativas de fazer com que outros percebessem que estavam destruindo não só ao lar da humanidade, mas também a si mesmos. Sua inseparável companheira, a cadelinha malhada Nori, talvez fosse a unica coisa que o mantinha ligado a esta vida.
Há muito tempo os humanos sentem uma curiosidade imensa acerca do espaço que os cercam. Desde sempre quiseram compreender como tudo foi criado e o que poderia estar aguardando por eles fora da atmosfera conhecida. Por várias vezes, fizeram inúteis tentativas de contato com outras vidas inteligentes, mas nunca obtiveram sucesso.Até agora. Todo esse cenário muda quando extraterrestres surgem na Terra trazendo novas tecnologias e esperança à raça humana.
Ficção cíentifica e futurismo são os gêneros predominantes neste livro que, dividido em três partes, conta uma história nunca antes cogitada. É um ótimo livro, cheio de aventuras, que nos faz refletir mais sobre nosssos atos do dia-a-dia e suas conseqüências futuras. O autor, além de nos proporcionar uma história emocionante, faz com que pensemos também na existência de Deus, uma força maior d que nós. Ele consegue fazer com que nossas dúvidas sejam sanadas, nos demonstrando de um modo ficcional o amor que um pai tem para com um filho.
Recomendo esse livro, não só pelo fato de ser uma leitura agradável, mas também por tratar de importantíssimoos assuntos como a preservação do mundo como o conhecemos.