05/01/2013

[Resenha*] Querido John


Querido John, dizia a carta que partiu um coração e mudou duas vidas para sempre.
Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém, ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.




Introdução
John Tyree não esperava que, justo naquela licença em que decidira passar um tempo em casa com seu pai, ele conheceria a mulher de seus sonhos. Savannah Lynn Curtis era aquele tipo de garota incrível que nunca se interessaria em um cara que se alistara somente por não ter mais nada para fazer da vida. Mas ela se interessou.
A cada momento que passavam juntos, John e Savannah gostavam mais e mais um do outro. Porém, os dias estavam contados para aquele amor puro que nutriam. John deveria voltar aos seus deveres na Alemanha, deixando para trás uma Savannah aos prantos, que prometia esperar por ele, o amor de sua vida.
Contando ansiosamente os dias para revê-la e tê-la sempre ao sempre ao seu lado, John não previa o ataque de 11 de setembro, que despertou seu senso de justiça e o fez se realistar, sem pensar nas consequências de seus atos.
Anos depois, ele retorna para Carolina do Norte, com uma carta, um coração partido e visões do inferno -- ou o mais próximo disso -- para encarar a perda mais difícil de sua vida e descobrir como o amor o transformou.

Espaço
Grande parte da estória se passa na Carolina do Norte. O autor nos dá uma visão detalhada do cenário, mas sem se prolongar em demasia.

Tempo
John e Savannah se conhecem no ano de 2000, mas ele narra sua estória seis anos depois, em 2006. É fácil acompanhar a passagem do tempo, tão simples que não requer o mínimo esforço ou concentração, já que o autor mesmo menciona o tempo que se decorreu logo no início.

Personagens
John Tyree foi um adolescente rebelde. Revoltou-se contra seu pai, que não se importava com nada além de sua coleção de moedas, e passou os dois anos seguintes ao término do ensino médio com mulheres e cerveja. Ao levar um fora de uma garota que realmente gostava, decidiu fazer algo útil de sua vida e se alistou no exército.

"Foi a primeira vez em anos que realmente parei para pensar no que estava fazendo com minha vida." pág 26

Ele passa por muitas transformações durante o processo, não apenas físicas mas também morais, se tornando uma pessoa melhor, um homem honrado e determinado.
Savannah é uma jovem meiga, doce e sonhadora, com objetivos claros na vida. Criada em uma família carinhosa e atenciosa, sempre foi incentivada a investir em seus estudo e lutar por seus sonhos.

"Não sei quanto tempo ficamos ali parados mas quando finalmente começamos a nos dirigir para a saída, tomei a mão dela, sabendo não só que a amava mais do que da última vez, como também mais do que jamais amaria outra pessoa." pág 159

Os personagens de Sparks são simples, porém com personalidades elaboradas com maestria. Ele não economiza na descrição física, dando ao leitor uma imagem detalhada de cada um.

Enredo
Querido John (Editora Novo Conceito, 276 páginas) é narrado em 1ª pessoa pela perspectiva de John, de modo que seus sentimentos em relação à Savannah são explorados com capacidade máxima.
Além da linda estória, a obra é envolvente e emocionante, não se limitando apenas ao amor entre casais. Nicholas Sparks acrescenta profundidade na trama com as tentativa frustradas de John para se aproximar de um pai aparentemente desinteressado por qualquer assunto que não sua coleção de moedas.
Admito que me emocionei e chorei muito nas últimas páginas do livro. O modo como o autor nos transporta para dentro da narrativa torna impossível segurar as lágrimas.

"Nossa história tem três parte: um começo, um meio e um fim. Embora seja assim que todas as história se desenrolam, ainda não consigo acreditar que a nossa não durará para sempre." pág 14

Estrutura Artística

  • Capa: Embora adore esta imagem do filme pela ternura que ela transmite, há o problema de Savannah ser retratada loira quando, no livro, é descrita como sendo morena.
  • Título da Obra: Não preciso dizer que este título é encantador, não é?
  • Sinopse: Um ótimo trabalho, resume bem a estória deixando aquela curiosidade no leitor.
  • Diagramação: O livro é dividido em vinte capítulos, dispostos em três partes, com prólogo e epílogo. Foram encontrados seis erros pequenos (quase insignificantes).


Estrutura Física

  • Capa: material comum, resistência média, filipetas com críticas da obra e informações do autor.
  • Páginas: amareladas, ou seja, refletem menos a luz, com letras em tamanho agradável.


Recomendações
Não apenas esta, como a maior parte das obras do Nicholas são recomendadas principalmente ao público feminino, que não aguenta e derrete com sua estória de amor.

Análise
Espaço: 5
Habilidade do autor: 5
Diversidade de ambientes: 5
Tempo: 5
Concordância com a época: 5
Passagem do tempo: 5
Personagens: 5
Interação: 5
Personalidades: 5
Aparência e carisma: 5
Enredo: 4
Originalidade: 2
Narrativa: 5
Intensidade da trama: 5
Estrutura Artística: 4,1
Capa: 2
Título da Obra: 5
Sinopse:5
Diagramação: 4,5
- Erros: 4
- Fontes/Ilustrações: 5
Estrutura Física: 4,5
Capa: 4
Páginas: 5
Minha Opinião: 5

Nota Final:4,6