01/05/2011

[Resenha] 2012 - Uma aventura no fim do mundo


No dia 21 de dezembro de 2012, Liz estará tentando sobreviver ao fim do mundo em um abrigo antiapocalipse.
Thiago e seus amigos estarão lutando contra tsunamis e continentes sendo deslocados pela movimentação do eixo terrestre.
Enquanto o mundo acaba, extraterrestres vêm em auxílio dos escolhidos para que uma nova era possa ser iniciada.


Liz está de mudança para a Inglaterra. Depois de terminar o namoro com Caué - que ainda não conseguira esquecer - ela decidiu estudar Astronomia - mesma área do pai, que morrera dois anos antes - em uma universidade de lá, aproveitando para se reencontrar com sua grande amiga Melissa..
Quando chega em Londres, Liz ainda tem a oportunidade de conhecer Júlia, que seria sua colega de quarto na universidade, e que também era brasileira. Rapidamente as duas se tornam amigas e o grupinho Liz-Júlia-Melissa já promete muito para o próximo semestre. Mas no dia em que as três estão fazendo compras algo inesperado acontece - explosões por toda a cidade. Elas quase morrem, mas são salvas por um estranho ladrão de bolsas, que, inexplicavelmente, devolveu a bolsa de Liz após o incidente.
A aventura então começa. E a descoberta de que o dia 21/12/2012 é o dia fatal traz segredos inacreditáveis.
Thiago sabe que o fim do mundo está perto. Ele mantém um blog sobre isso - que começa a ganhar credibilidade depois que atentados terroristas acontecem pelo mundo. Ele tem até planos para tentar se salvar. E apesar da recusa dos pais em ir com ele, decide que irá tentar se salvar junto com os amigos Matheus e Felipe.
O que esses dois grupos têm em comum? Ambos tentarão sobreviver ao fatídico dia que marca o fim de uma era.
É um ótimo livro, que te prende do início ao fim. Terminei de ler 2012 - Uma Aventura no Fim do Mundo (Editora Novo Século, 288 páginas) e fiquei pensando: Será que realmente, algum dia, teremos a capacidade de amar alguém incondicionalmente? Será que nos libertaremos do medo, da culpa, da ira, da inveja? Será que voltaremos a nos ver como seres que não são nem melhores, nem piores, mas iguais e integrantes desse mundo onde tudo se correlaciona? O livro me fez pensar nos valores que atribuímos hoje as coisas, pessoas e sentimentos. Será que sei o que é ter fé? Acreditar? Se fosse hoje o fim do mundo, como eu reagiria, o que faria?
A única conclusão que cheguei é que somente o amor, repito isso, pois realmente acredito,somente ele é e será nossa "tábua de salvação".
Quanto ao livro, você deve ter percebido que ele me deixou questionadora...e somente lendo você poderá tirar suas conclusões, mas posso dizer que há romance e aventura. A Liz é uma garota legal, madura e amiga. E tanto o Thiago, quanto o Cauê, são sensíveis e maravilhosos, até agora estou na dúvida de qual seria minha alma gêmea...rsrs...