08/09/2013

[Resenha] Água para Elefantes


Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.
Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento - o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra.
Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.
É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.
"Água para Elefantes" é tão envolvente que seus personagens continuam vivos muito depois de termos virado a última página. Sara Gruen nos transporta a um mundo misterioso e encantador, construído com tamanha riqueza de detalhes que é quase possível respirar sua atmosfera.



Enredo


Jacob Jankowski é um senhor de 93 (ou seriam 91?) anos de idade que passa os dias em um asilo cercado de velhinhas simpáticas, enfermeiras indiferentes e lembranças de um passado distante. Passado este do qual ele nunca comentou, e que guarda como um segredo. Muito tempo atrás, aos seus 23 anos, o rumo da vida de Jacob é tragicamente alterado quando seus pais morrem em um acidente de carro, deixando-o desamparado tanto emocional quanto financeiramente. Sem saber o que fazer, e a poucos passos de conseguir seu diploma de veterinário, Jacob desiste de tudo e salta em um trem em movimento, que depois descobre ser o "Esquadrão Voador do Circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra".
Pela sua formação, Jacob é aceito para tratar dos animais. Porém nem tudo no circo é mágico como parece ser em suas apresentações bizarras e divertidas. Nos bastidores deste espetáculo, Jacob presencia a frieza do mercenário Tio Al, que para seu bem não hesita em jogar vidas para fora do trem - em movimento - e com a bipolaridade de August, um homem que em um momento é o mais encantador do mundo e no outro se mostra a personalização da crueldade.
E é nesse cenário improvável que Jacob se apaixona, e pela pessoa errada: Marlena. A esposa de August e atração principal do circo.
O enredo apresenta diversos pontos positivos e muitos outros pontos negativos. Posso começar citando a forma como Sara Gruen mostra a velhice para os leitores, e esta foi com certeza a parte que mais me atraiu na obra. O velho Jacob é sarcástico e fechado, mas com o tempo entendemos o por quê de tanta rabugice, e refletimos sobre o que nos espera, sobre quem realmente estará ao nosso lado quando a velhice se voltar para nós.
O enredo também é outro ponto positivo, embora tenha algumas falhas. Os conflitos entre o protagonista e Tio Al e August são o ponto máximo da narrativa, e nem têm tanta ação assim, se resumindo a alguns xingamentos. A única parte que realmente apresenta um pouco de ação e um reviravolta interessante é o final, mas até chegar lá o leitor menos paciente sofre um pouco.
O romance de Jacob e Marlena é outro ponto que poderia ser melhorado. Os sentimentos parecem forçados e o romance não se encaminha. Por um lado é bom para nos poupar de cenas tipicas de novelas mexicanas, com toda aquela melação, e fazer parecer algo mais real, mais credível, entretanto se torna chato com o tempo.

Espaço

A maior parte do livro acontece dentro de um trem, mostrando o dia a dia daquelas pessoas, com ricos detalhes sobre a realidade circense durante a Grande Depressão.

Tempo

A narrativa do Jacob atual acontece num período de pouco menos de uma semana e suas memorias se passam no ano de 1931, num período de aproximadamente três meses e meio. A autora cita essa passagem do tempo, facilitando muito ao leitor esse acompanhamento.

Personagens

Jacob Jankowski me impressionou, tanto na velhice quanto na juventude. Em sua velhice continua com toda a determinação, mesmo com a aparente fragilidade de seu corpo, e luta por seus ideias, tendo o desfecho que tanto desejou durante a vida. Já em sua juventude é corajoso, honesto e gentil. É um protagonista que conquista o leitor, e um dos poucos motivos pelos quais persisti na leitura até o final.
Marlena também não fica atrás, embora não tenha sido o foco da minha atenção. Achei interessante sua ligação para com os animais, e foquei nela apenas durante os momentos que essa ligação era explorada.
August, por ser extremamente complexo fez da trama mais empolgante. O livro não teria ação nenhuma se não fossem por seus rompantes inesperados e momentos de pura elegância ainda mais surpreendentes. Sendo o dono do circo e um personagem tão ganancioso, a participação pequena de Tio Al me decepcionou. Seu caráter maligno poderia ter providenciado mais cenas interessantes à obra.

Estrutura Artística

Capa: o exemplar que peguei emprestado tem a nova capa, com os atores do filme. Não me levem a mal, mas não é de meu agrado. Gostava muito mais da antiga capa e acho que foi um erro trocá-la, principalmente considerando que a atriz não corresponde à descrição de Marlena no livro.
Título da Obra: foi o que mais atraiu minha curiosidade a princípio.
Sinopse: ótimo trabalho da editora.
Diagramação: foram encontrados dois erros. 

Estrutura Física

Capa: material comum, resistência média
Páginas: amareladas, ou seja, refletem menos a luz.

Recomendações

Leitura para quem não está procurando bocados de ação.

Análise

Enredo: 3,6
Originalidade: 5
Narrativa: 4
Intensidade da trama: 2
Espaço: 5
Habilidade do autor: 5
Diversidade de ambientes: 5
Tempo: 5
Concordância com a época: 5
Passagem do tempo: 5
Personagens: 4,6
Interação: 4
Personalidades: 5
Aparência e carisma: 5
Estrutura Artística: 4,1
Capa: 2
Título da Obra: 5
Sinopse: 5
Diagramação: 4,5
- Erros:4
- Fontes/Ilustrações: 5
Estrutura Física: 4,5
Capa: 4
Páginas: 5
Minha Opinião: 3
Nota Final: 4,2