03/03/2017

7 motivos para NÃO assistir Desventuras em Série

Desventuras em Série Netflix
No dia 13 de Janeiro, o Netflix ousou espalhar pelo mundo a desafortunada história dos irmãos Baudelaire. Caso você tenha a sorte de nunca ter ouvido falar sobre Violet, Klaus e Sunny eu recomendo que pare de ler essa postagem agora e vá ler algum conteúdo mais agradável deste blog. O que vai encontrar a seguir é uma horrenda lista com motivos terríveis para que você não se submeta à desagradável experiência de assistir a este seriado.


Está disponível no Netflix 

Qualquer coisa de tão fácil acesso só pode ser de péssima qualidade, não é mesmo? Todos os episódios da primeira temporada já estão disponíveis naquela horrenda plataforma de streaming.

Não espere um final feliz 

Se você está acostumado com aquele tipo de história em que os mocinhos passam por poucas e boas mas que dá tudo certo no final, é bom saber que isto não vai se repetir aqui. Os protagonistas só passarão por situações miseráveis, sem nenhuma perspectiva de melhora futura... Por que você iria querer assistir tal coisa?

Abertura desagradável 

Look away, look away... Você quer mesmo ficar com essa música ruim presa na sua cabeça por dias? Pense bem, não vale a pena...

Um narrador inoportuno 

Sabe aquele amigo chato que fica te dando spoiler sobre o que vai acontecer a seguida, estragando completamente qualquer surpresa que a situação poderia proporcionar? Lemony Snicket é esse amigo - e uma presença constante em todos episódios. Suas piadas e sarcasmo garantem boas risadas... mas elas não compensam, garanto.

Caracterização um tanto quanto estranha 

Se você vai mesmo se submeter a assistir este seriado, prepare-se para figurinos um tanto quanto exagerados, atuações bem canastronas e (que os deuses tenham piedade) algumas tentativas nada satisfatórias de musical.

Mais tempo para contar histórias horrendas 

É ultrajante, mas esta não foi a primeira vez que ousaram contar a história dos irmãos Baudelaire: em 2004, foi lançado um filme contando as desventuras dos órfãos. Nesta infame série, no entanto, cada livro (escrito por um tal de Daniel Handler) é contado em dois episódios de cinquenta minutos - diferente do que acontece no longa, que apresenta o enredo de três livros em 1h50 minutos.

Um terrível vilão

Conde Olaf é o homem mais desprezível, mesquinho e maquiavélico deste mundo. Sinto arrepios na espinha só de mencionar o nome deste ser com um talento inegável para disfarces elaborados. Desde que conheci seus terríveis planos e intenções para com os órfãos Baudelaire, não tive um noite de sono sem pesadelos terríveis.

Vocês já se aventuraram nessa história desafortunada? O que acharam? Me contem nos comentários!

Só um detalhe: essa postagem foi toda trabalhada no sarcasmo pra combinar com o estilo no narrador, o Lemony Snicket. O seriado é bom demais, viu, vai assistir!