03/04/2017

Clarissa, a menina abusada pelo pai

Às vezes, é preciso um tapa na cara para pensar de verdade nas coisas terríveis que acontecem no mundo ao nosso redor sem que nos demos conta. Hoje me deparei com algo equivalente a diversos tapas na cara: um quadrinho que conta a história de Clarissa, uma garotinha que sofre abuso sexual do pai e cuja família finge que nada está acontecendo. Aviso que as tirinhas podem ser gatilhos, evite ler se for te fazer mal.

Jason Yungbluth traz, por meio de seus traços marcantes e diálogos fortes, uma discussão que precisa estar mais presente na nossa sociedade: o abuso sexual, a negligência familiar e o descaso da sociedade. Leia uma das tirinhas abaixo:




É perceptível nessa tirinha que a mãe de Clarissa está ciente do abuso que a garota sofre - numa tentativa frustrada de esquecer este problema, ela se afoga no álcool e "compensa" a garota com brinquedos. O coelhinho (e os outros brinquedos) pode, muito bem, representar o papel da inocência: ele tenta brincar com a menina, mas ela não quer se abrir pra isso. Quando o pai chega e abusa dela - algo que parece acontecer com certa frequência - a inocência se vai.
Sinceramente, ler esses quadrinhos hoje me tocou profundamente - e ainda estou um pouco abalada. Quantas crianças não estão por aí, se sentindo como Clarissa? Se você souber de algum caso de abuso infantil ou sexual, NÃO SE CALE. Disque 100 e salve a vida de uma criança. Seu anonimato pode e será protegido.
Vale lembrar que essa tirinha foi traduzida pelo Procrastinando. Você pode ler os outros quadrinhos da Clarissa no site do autor.