01/12/2017

Vôo da Libélula

Vocês pararam para pensar que já estamos em dezembro, vulgo último mês do ano?! Parece que eu pisquei e os dias passaram por mim, não deu tempo nem de reagir antes de entrarmos nesse mês quente com chuvinhas inconvenientes com o qual tenho uma relação ambígua de amor e ódio. É a hora de bater aquela bad pelas metas que não foram cumpridas e pelos quilinhos a mais que serão adquiridos na ceia de Natal, mas também é tempo de ficar mais juntinho da família e olhar para o futuro com esperança. Além disso tudo, dezembro também é o mês do melhor signo do zodíaco - sagita rainha, resto nadinha - e, RUFEM OS TAMBORES, aniversário desta que vos fala! Claro que eu não poderia deixar a data passar em branco e não tinha forma melhor de comemorar do que com vocês. Quer saber o que vai rolar?
A resposta correta é: MUITA COISA. Coisa que não acaba mais, tanto que estou planejando tudo há meses, então espero de coração que vocês gostem senão eu vou chorar minhas horas de sono perdidas. Apelidei esse projeto carinhosamente de Vôo da Libélula, porque vai ser o mês em que vou dar asas à minha imaginação para trazer muitos conteúdos bacanas para vocês todos os dias. Sim, todos os dias. T-O-D-O-S. Vai ser postagem até não aguentar mais mas eu espero que você aguentem. Estou um pouco nervosa, inclusive. AHHHH. Continuando.
Sabe o que eu disse sobre lembrar de metas não cumpridas? Pois é. Fui olhar as postagens mais antigas do blog e achei uma lista de metas para 2017 que me fez ter vontade de rebobinar a fita e me dedicar mais às coisas que me propus no ano passado - embora tenha até repensado algumas das coisas que listei por lá. Sinto que deixei o blog um pouco de lado por um tempo devido à faculdade... Simplesmente não estava conseguindo conciliar os dois e vou, inclusive, fazer uma postagem sobre isso nos próximos dias. Enfim, o meu objetivo com o Vôo da Libélula vai além de comemorar essa data especial com vocês, também é uma forma de compensar a minha ausência e ficar com aquela sensação de "dever cumprido" nesse fim de ano. Espero que vocês embarquem comigo nessa ♡ 
Devo dizer, contudo, que existe uma meta naquela lista que eu me recuso a deixar incompleta: ler, pelo menos, 50 livros. Caso vocês confiram aquela aba de livros lidos, talvez você percebam que eu estou longe disso. E é assim que nasce a...

Maratona do Desespero

Eu estou rindo de nervoso. Como assim eu li só 27 livros literários, minha gente? Vou ali chorar em posição fetal um pouco e já volto. *2 horas depois* NÃO ADIANTA CHORAR PELO LIVRO NÃO LIDO, então o lance vai ser dar um último gás nesses 31 dias restantes e tirar o atraso - aproveitar que as férias já estão quase aí e que poderei me dedicar exclusivamente (só que não, porque tenho que fazer postagens diárias para o blog, haha *escorre a lágrima*). Vou deixar os desafios que eu criei aqui embaixo, junto com uma lista provisória de títulos, caso alguém anime participar dessa loucura comigo:
  1. Um suspense policial: Polícia - Jo Nesbø ✔
  2. Livro que retrate transtorno mental: Inventei Você? - Francesca Zappia ✔
  3. Escrito por mulher: Rastros de Sangue - Val McDermid
  4. Livro com ilustrações: O Segredo de Heap House - Edward Carey
  5. Uma ficção científica: Carbono Alterado - Richard Morgan
  6. Alguma continuação: O Príncipe Leopardo - Elizabeth Hoyt
  7. Livro de terror: A torre do terror - Jennifer McMahon
  8. Livro que fez auê: Entre quatros paredes - B. A. Paris
  9. Livro para furar a fila: Um Encontro de Sombras - V. E. Schwab
  10. Livro com robôs: Robopocalipse - Daniel H. Wilson
  11. Estilo literário que não lê muito: Entre as estrelas - Katie Khan
  12. Livro com pessoa na capa: Todas as Garotas Desaparecidas - Megan Miranda
  13. Alguma continuação: O príncipe serpente - Elizabeth Hoyt
  14. Um clássico inglês: Mary Barton - Elizabeth Gaskell
  15. Livro de autor que te conquistou em 2017: A obsessão - Nora Roberts
  16. Capa da sua cor preferida: O azul entre o céu e a água - Susan Abulhawa
  17. Livro com menos de 250 páginas: Confissões do Crematório - Caitlin Doughty
  18. Livro que você enrolou o ano inteiro: O menino que desenhava monstros -  Keith Donohue
  19. Livro que comprou por impulso: A menina feita de espinhos - Fabiane Ribeiro
  20. Livro emprestado: A casa dos budas ditosos - João Ubaldo Ribeiro
UFA. Será que vai dar? Vou aproveitar essa onda para fazer também as famigeradas Maratonas de 24h, muito regadas a café, todo final de semana - talvez assim eu consiga cumprir a meta. E quando a gente alcançar a meta, a gente dobra a meta. Vale lembrar a vocês que sempre rola resenha premiada, então fiquem atentos para sorteio dos livros listados!

VOA, LIBELINHA,
VOA 🙙