Destaques

Newsletter

12/01/2018

#JornadaMLV - TBR da Viajante

Quem me acompanha pelo instagram viu que eu finalmente tomei coragem de ler o calhamaço assustador que é It, a Coisa - já tinha começado um tempo atrás, mas acabei abandonando a leitura para priorizar livros de parceria. Pelo visto, sofro de uma maldição: todas as vezes que decido me aventurar a conhecer Pennywise algo acontece para eu deixar a leitura de lado. Dessa vez, foi a Maratona Literária de Verão - como eu sempre participo, não pude deixar passar em branco... E é até irresponsável ousar colocar uma obra daquele calibre na minha meta, então o palhaço terá que esperar um pouco mais para tirar minhas noites de sono tranquilo. 
O Victor Almeida, do canal Geek Freak, é o organizador e idealizador dessas grandes maratonas que sempre têm um ou outro diferencial que as tornam ainda mais divertidas - no final das contas, o saldo vai muito além de páginas lidas: a interação com outros leitores e a sensação de participar de algo maior é o mais recompensador dessa brincadeira toda. Eu sempre me inscrevo sabendo que o flop está logo ali e me importando pouquíssimo com isso, porque sei que o twitter vai estar bombando o tempo inteiro e que vou poder conversar com muitas pessoas que possuam gostos literários próximos dos meus. Isso que vale a pena!
Deuses, eu estou me enrolando e dando voltas no assunto da postagem. Vamos lá. A MLV 2018 tem como tema a fantasia medieval que eu, por sinal, adoro: os participantes deveriam escolher entre duas cidades de um reino em guerra - Galtero é o lar de fortes guerreiros bárbaros enquanto Arcania é morada dos sábios magos - e a decisão influenciaria nos desafios literários que eles teriam que cumprir. Indecisa que sou, escolhi não escolher: serei uma viajante, peregrina, forasteira, eremita, passeando por aí e por ali, com a liberdade de uma elfa da floresta que não quer saber de nada além de correr pelos vales verdejantes com sua loba atroz ao lado... Me exaltei um pouco. Um dia conto para vocês mais sobre minha personagem no D&D.
Caso eu tenha falhado em situar vocês no projeto, vou deixar aqui o vídeo do Victor explicando tudo direito e, logo depois, a minha lista de escolhidos para a maratona:

Galtero

Ler um livro de um autor popular: Cidades de Papel (John Green) ✓
Ler um livro comprado em uma promoção: As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender (Leslye Walton) ✓
Ler um livro que, aparentemente, só você conhece: A menina feita de espinhos (Fabiane Ribeiro) ✓
Ler um livro que você sempre teve medo de ler: Mary Barton (Elizabeth Gaskell) ✓

Arcania

Ler um livro que era pra você ter lido em 2017: Entre as Estrelas (Katie Khan) ✓
Ler um livro com um hype antigo: A Pousada Rose Harbor (Debbie Macomber)
Ler um livro nacional da atualidade: Belleville (Felipe Coulbert)
Ler um livro de um autor que você nunca leu antes: O que há de estranho em mim (Gayle Forman)

Eu me esforcei para encaixar nos desafios obras que tenho apenas no formato de e-book, porque até hoje o bonito do meu Kindle está na caixinha e quase sem uso por motivos de: estou receosa de não me adaptar, sem saber como vou tirar fotos para resenhas... Mas é muito prático ter um dispositivo tão pequeno que armazena um volume tão grande - minhas estantes e meu bolso agradecem muito. Por outro lado, estou bem orgulhosinha dos títulos que escolhi: de oito livros, três são nacionais! E eu queria ter colocado outros, mas decisões tiveram que ser feitas. Eu tinha dito no twitter que estava tendo dificuldades em definir a minha tbr (perdi a conta de quantas vezes tinha mudado antes de fazer a postagem) e acabou que eu mudei mais uma vez - por um bom motivo! Queria priorizar as obras da estante de não-lidos porque são volumes que posso acabar sorteando aqui para vocês pelo #ProjetoDesapego - os deuses sabem que meu quarto já está lotado demais de livros.

Mas enfim! Vim atualizar vocês quanto ao resultado da minha maratona, vamos lá?
Consegui ler cinco livros completos e fiquei no meio do caminho no sexto, completando 2.050 páginas lidas do total de 2642 - ou seja, embora não tenha lido os últimos volumes, li os que traziam maior carga! Os desafios de Arcania eram leituras mais rápidas e relativamente menores, além de eu ter decido não fazer o favor do rei e da rainha. Acho que foi um resultado surpreendentemente bom, especialmente se considerarmos que eu não parei com as minhas tarefas diárias em dia algum para ler. Estou pensando em fazer uma postagem com dicas para ler mais, o que vocês acham?
A viajante não estava com sapatos adequados para uma viagem tão longa - as bolhas doem terrivelmente, mas ela viu maravilhas no caminho que conseguiu percorrer!

Vocês também vão participar da Jornada MLV? Me contem a TBR de vocês nos comentários!

VOA, LIBELINHA
VOA 🙘

Comentários via Facebook

@literalize.se

© Literalize-se – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in