Destaques

Newsletter

09/02/2018

DON'T PANIC: dicas para morar sozinho pela primeira vez

Todo adolescente sonha com o dia em que finalmente vai sair da casa dos pais em direção à tão almejada liberdade: dormir (e acordar!) a hora que quiser, sair sem precisar pedir autorização ou dar satisfação, poder fazer suas coisas no seu tempo ao invés de ter que explicar pela milésima vez que "JOGO ONLINE NÃO TEM PAUSE, MÃE!"... Vai nessa. Acontece que quando você é um pobre universitário de orçamento limitado, morar sozinho é bem menos cor-de-rosa do que poderia parecer a princípio - e vez ou outra você vai se pegar com uma saudade imensa da época em que sua maior preocupação era ter tempo de copiar o dever do coleguinha antes da professora dar visto. Mas não se desespere - pelo menos, não ainda - porque algumas dicas podem tornar esse momento de transição bem menos sofrido.
Não pire: dicas para morar sozinho pela primeira vez
Photo on Visualhunt.com

A pressa é sua pior inimiga

Não se afobe na escolha do seu novo lar: é um dos piores erros que você pode cometer, principalmente se for morar com outras pessoas - como é o meu caso e de muitos outros estudantes universitários. É muito importante que você dedique tempo a conhecer o ambiente, os outros moradores e até mesmo a vizinhança - para isso, você pode anotar algumas perguntas sobre coisas que considera relevantes para seu conforto. Eu, por exemplo, sempre faço questão de saber como funciona a limpeza e organização da casa, porque lugares sujos e bagunçados me incomodam muito, e se existe o costume de fazer festas, visto que fico irritada com muito barulho quando estou fazendo alguma atividade que requer silêncio (estudar, ler, trabalhar e - o mais importante - dormir!). Anotar essas perguntas é importante, porque às vezes acabamos por esquecer durante a visita - afinal, a pessoa vai estar te mostrando a casa e te passando uma torrente de informações. 
Além de conhecer e ponderar sobre o local e as pessoas que vão dividi-lo com você, é sempre bom comparar preços e buscar referências. Especialmente quando se trata de vagas próximas da faculdade, o valor pode ser exorbitante - e nada condizente com o bom senso e sua situação financeira. Planejamento, cuidado e paciência são essenciais nesse para poupar o seu bolso... afinal, lembre-se que você ainda tem que pagar o xerox e os salgadinhos de ouro. Tente ao máximo conversar com moradores anteriores porque, acredite, isso pode te livrar de grandes furadas! Assim que saí de casa ia me mudar para um quartinho mal-iluminado e empoeirado - porém bem barato - e tive a sorte de ficar sabendo antes de assinar o contrato que a dona da residência fazia da vida dos alunos um INFERNO: chegava ao nível dela bater nas janelas dos quartos para acordar o pessoal porque eles tinham "dormido demais" e de trancá-los para fora porque estavam até tarde na rua. Deuses livrem a mim (e a vocês) de morar em um lugar assim!

Combinado não sai caro!

Sempre converse tudo. Acho que essa é a dica de ouro. Depois de escolher onde vai morar, de conhecer as pessoas e um pouco de como será o convívio com elas, sugira uma reunião. Não precisa ser nada sério, com terno e prancheta, só um momento para conversarem e decidirem como vai ser a manutenção da casa: como será feita a limpeza, se serão permitidas visitas, a questão do silêncio, divisão das compras de material de limpeza (que costuma ser coletiva), definir datas de vencimento das contas e responsabilidades... Podem parecer "coisas que serão resolvidas com o tempo" mas, sério, deixar tudo já combinado POUPA ESTRESSE! 
É importante também que essa reunião se torne uma prática frequente - todo mês ou a cada dois meses - para que todos tenham a oportunidade de mencionar coisas que estão incomodando e resolver os conflitos pacificamente ao invés de esperar a bomba explodir na mão. E já deixo aqui o spoiler: haverão conflitos, por mais que vocês tenham se dado bem e se tornado amigos - cada pessoa tem uma forma muito diferente de ver e viver a vida, cedo ou tarde essas diferenças criam faíscas que podem acabar em um incêndio se não forem bem administradas.

Não se perca na sua bagunça 

(sério, não é legal)

Eu não sei vocês, mas eu não consigo me concentrar em nada no meio do caos. Não digo que é pra manter o seu quarto impecável e brilhante - até porque no exato momento eu ainda nem arrumei a minha cama e já são seis da tarde. O que eu quero dizer é que é necessário ter controle sobre a bagunça que você faz para não ser esmagado por ela: estabeleça dias para arrumar o quarto (nunca se sabe quando você vai precisar daqueles materiais para a prova que você acabou de descobrir a respeito), para lavar suas roupas (porque não é agradável abrir o guarda-roupa e não achar nenhuma brusinha pra ir pra faculdade) e para fazer compras (porque aquele biscoito água e sal não vai te alimentar para sempre). Sim, estou dando exemplos de coisas pelas quais eu já passei e que, acreditem, NÃO FORAM NADA LEGAIS.
Outra dica essencial em questão de organização é manter uma planilha ou um documento compartilhado no qual você e os outros moradores anotem os valores de aluguel, condomínio, IPTU e outras contas - junto com as datas de vencimento e confirmação de pagamento individual. Assim ninguém fica perdido nem passa os outros para trás - é chato pensar nisso, mas é a verdade é que tem gente sacana pra tudo quanto é lado. Meus últimos conselhos não requerem que eu me estenda tanto mas são tão importantes quanto qualquer um dos anteriores: não leve mais do que o necessário na mudança, porque você nunca sabe quando vai precisar se mudar novamente, e economize grana para eventuais emergências - não relaxe porque está sobrando alguns trocados no final do mês!

Quer ajudar em um projeto do Guia de Sobrevivência do Universitário? É muito fácil e rápido, só preencher esse formulário me contando o que você acha do seu curso!

Ufa! Ainda estão aí? Se sim, me contem nos comentários os maiores perrengues que vocês já passaram morando sozinhos! Até a próxima ♡

VOA, LIBELINHA
VOA 🙘

Comentários via Facebook

@literalize.se

© Literalize-se – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in