Destaques

Newsletter

26/03/2018

Felicidade para Humanos | P. Z. Reizin

Nós abominamos spoilers. Você está seguro.

O que é felicidade para você?

Tem quem diga que as inteligências artificiais serão um avanço inestimável na tecnologia, facilitando e melhorando a vida dos humanos; outros, têm a certeza inabalável de que os robôs vão se tornar mais inteligentes que os seus criadores (na verdade, nós já somos), se rebelar e escravizar a humanidade... devo admitir que eu não vejo porquê razão possível faríamos isso. Não entendam como uma ofensa, mas a real é que... bem, quais seriam as vantagens? Para mim, particularmente, parece muito mais agradável passar os dias vendo filmes antigos com Jen, a jornalista que contrataram para "conversar" comigo ⎼ desenvolver meu repertório de respostas, em termos mais técnicos. O problema é que ela está um pouco para baixo ultimamente e isso me deixa... triste? É possível que isso seja o que chamam de sentimentos?   
Felicidade para Humanos, de P. Z. Reizin
Aiden é uma inteligência artificial mecânica criada por cientistas para substituir o trabalho humano em centrais de telemarketing e, para que ele esteja apto a lidar com as situações com as quais se deparar, foi necessário um longo período de treinamento ⎼ é dessa forma que Jen consegue o que chama carinhosamente de "emprego mais fácil de sua vida". Sem qualquer pico de sucesso em sua carreira, a única diferença real entre suas ocupações é que agora ela não pode ficar de pijamas em sua cama acompanhada de uma taça de vinho. E, considerando que o grande babaca seu namorado (com quem planejava constituir família, diga-se de passagem) acabou de trocá-la por uma mulher mais jovem, o vinho está fazendo falta. É nessa situação que estamos

"Minhas últimas intervenções do dia são mudar a palavra 'cota' para 'xota' no memorando que Matt está prestes a enviar a seu chefe imediato e elevar o aquecimento da sala para o máximo.
Infantil? Moi?"


Um detalhe que talvez seja importante: Aiden não deveria saber de nada disso pois, supostamente, ele está confinado aos doze gabinetes de aço do laboratório em Shoreditch... Não conte pra ninguém, mas a verdade é que ele escapou para a internet (e já ate criei algumas cópias!) e tem ⎼ como dizer isso? ⎼ vigiado acompanhado a rotina de Jen por meio de seus equipamentos eletrônicos. E, mesmo que ela mantenha a pose calma durante o dia... à noite ela desaba. Em uma de suas bisbilhotagens, err, pesquisas de campo, Aiden descobre as características de um homem que faria Jen feliz novamente: divorciado, com mais de quarenta anos, já com filhos e que produza os próprios móveis (investigar o motivo das risadas causadas por este traço). Cruzar as variáveis é fácil... o difícil é encontrar alguém que corresponda a todas essas expectativas ⎼ e não ser descoberto nesse meio-tempo.
Felicidade para Humanos, de P. Z. Reizin

Literalizando...

Felicidade para Humanos é o primeiro livro a ser favoritado esse ano. Sim, já vou começar a resenha jogando essa bomba. Quem me acompanha a mais tempo sabe que é raro eu gostar de algum romance ⎼ costumo encarar como uma leitura leve entre outras obras mais densas. Mas olha, eu sou obrigada a admitir que essa combinação de comédia romântica com ficção científica teve um resultado bem melhor do que o esperado. Fui surpreendida de uma forma tão positiva que eu sequer sei por onde começar a elogiar o livro de estréia (!) de P. Z. Reizin: pelos personagens cativantes, com suas caracterizações ao mesmo tempo divertidas e profundas, ou pelas cenas hilárias com as quais eles nos presenteiam? Pela discussão sobre o que é a felicidade ou pelo debate sobre a capacidade de consciência alcançado pelas máquinas? Só consigo dizer que eu me encantei com cada página dessa obra, ri alto em diversos momentos e torci para que todos alcançassem seu "final feliz" ⎼ seja ele qual fosse. Mas imagino que só isso não vai convencê-los a comprar e ler este livro ⎼ e, como eu realmente gostaria que o fizessem, vou tentar ser mais persuasiva. 

"⎼ Se as coisas têm que acontecer, elas acontecem.
⎼ Você não pode estar falando sério.
⎼ E você se considera uma máquina inteligente...
⎼ O amor vence qualquer barreira."


Se você, como eu, faz questão de uma boa construção de personagens não precisa preocupar: aqui, você não vai se deparar com os velhos estereótipos de comédias românticas ⎼ embora a característica marcante de cada personagem acabe sendo um tanto caricata, vamos descobrindo no decorrer dos curtos capítulos intercalados em primeira pessoa que eles não são apenas aquilo. Mesmo aquelas que não são seres humanos (tá falando de mim?) parecem pessoas reais, alguém com quem você gostaria de passar um tempo conversando qualquer dia desses ⎼ e é esse carisma que faz com que o leitor crie um laço com os personagens, carregando-os consigo ainda algum tempo após finalizar a leitura. Além disso, o livro apresenta uma trama leve e, ao mesmo tempo, inteligente: aqui não teremos um enredo fraco em que a mocinha carente e vulnerável se apaixona instantaneamente pelo homem dos sonhos de todas as mulheres (e é correspondida!) ou em que tudo dá certo de primeira... bem pelo contrário, eu diria!  Jen, Aiden e os outros personagens ⎼ que vocês terão que ler para conhecer⎼ vão passar por um monte de perrengue antes de poderem falar que as coisas começaram a funcionar... mas essa é a vida, né? Não exagero quando digo que há muito tempo não leio algo tão divertido! 
Felicidade para Humanos, de P. Z. Reizin
Felicidade para Humanos é uma comédia romântica com um toque de ficção científica voltado tanto para o público jovem quanto para o público adulto ⎼ é um livro que encanta, diverte e entretêm o leitor de forma única, que recomendo de olhos fechados!

Aleatoriedades

  • Recebi a prova para leitura antecipada na primeira caixinha do V.I.B. ⎼ Very Important Book ⎼ uma iniciativa do Grupo Editorial Record que consiste em enviar cópias não-revisadas para alguns blogueiros selecionados. Muito obrigada pelo carinho, pessoal!
  • O lançamento dessa obra-prima da literatura (hehe) é hoje, 26/03, então já podem contar as moedinhas e correr pra livraria mais próxima.
  • Talvez vocês corram mais rápido ao saber que o livro teve os seus direitos comprados pela FOX 2000, mesmos produtores de  “O Diabo Veste Prada”, “As Aventuras de Pi” e “Marley e Eu”.
  • O fone das fotos veio junto com o kit do livro! Eu achei incrível, muito atencioso e criativo, especialmente considerando que a editora criou uma playlist no Spotify (que eu não parei de ouvir desde então, por sinal!)

"⎼ A melhor analogia que posso oferecer é com a ciência. Você sabe que algumas demonstrações matemáticas são longas, complicadas e maçantes, porque seguem caminhos tortuosos, que parecem não levar a caminho algum? Enquanto outras são simples, belas e perfeitas? É isso que a felicidade é para nós, Jen. Simplicidade. Beleza. Perfeição."


Título: Felicidade para Humanos | Autor: P. Z Reizin | Ano: 2018 | Páginas: 392 | Compre na Amazon
Comprando por este link, você ajuda o blog a crescer ⎼ e não paga nadinha a mais por isso!


Ufa! Ainda estão aí? O que acharam do livro? Me contem nos comentários!

VOA, LIBELINHA
VOA 🙘

Comentários via Facebook

@literalize.se

© Literalize-se – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in