Destaques

Newsletter

12/01/2020

Projetos para 2020

Eu sei, eu sei. As pessoas costumam fazer metas e promessas na virada do ano, não depois que o encantamento já passou em duas semanas que foram precisamente iguais a todas as outras. O caso é que, justamente por estar um tanto quanto desiludida disso de fazer planos, pensei em deixar essa tradição de lado desta vez. Os dias foram passando... e eu me peguei pensando em projetos mirabolantes mesmo a contragosto. Fazer o quê, não é? Acho que todos nós, de uma forma ou de outra, somos contagiados por essa energia de um novo começo, pela sensação de que é uma oportunidade para fazer com que as coisas que desejamos conquistar deixem de ser apenas desejos ⎼ e se tornem realidade.
Pensando nisso, decidi compartilhar algumas das minhas metas e projetos para 2020. Tentei ser menos ambiciosa e um tanto quanto realista, mas como sonhadora irrefreável não sou muito boa nisso, risos. Percebi nos últimos anos que o meu maior obstáculo é sempre o esquecimento: por isso, vou apostar em organização, baseada em tabelas e listas, para manter os objetivos sempre à vista mesmo na correria da rotina.

#ler

Na primeira semana de janeiro, decidi fazer uma limpeza geral do meu quarto ⎼ o que incluía dar atenção especial às minhas estantes. No meio do processo, limpando livro a livro, que eu percebi com vergonha o volume de obras encalhadas há anos, esperando serem lidas. Tive a péssima ideia de contá-los, e o número desde então me persegue nos meus sonhos (ou... bem, quase isso): cento e setenta e quatro. Isso mesmo, escrevi em extenso para que o impacto fosse digno desse absurdo. Obviamente, depois da situação vir à tona, decidi que a principal meta referente à literatura é desencalhar os livros da minha estante. Todos os outros tópicos aparecem como uma forma de auxiliar nessa objetivo (mesmo que eu tenha plena ciência de que é impossível para mim concluir essa tarefa em um único ano):

  • Participar de maratonas literárias: eu sou suspeita para dizer, porque sou absolutamente apaixonada por maratonas ⎼ quando vejo uma, não penso duas vezes antes de topar. É sempre uma experiência ótima, porque eu consigo encaixar nos desafios livros que eu não leria de outra forma e, por vezes, me surpreendo.
    • Maratona Literária de Verão: já é o terceiro ano que participo das maratonas organizadas pelo Victor Almeida, do Geek Freak, e são as mais divertidas por serem temáticas ⎼ a da vez é a Mística, e eu sou da classe Lazuli. No entanto, considerando o meu desespero para ler muito mais do que de costume, resolvi transformar a maratona de duas semanas em uma maratona de mês inteiro e, ao invés de sortear os desafios, resolvi encarar todos. Rolou votação lá no stories do Instagram e vocês podem acompanhar o progresso no destaque da #MLV2020.
    • Maratona Literária de Inverno: ainda não chegou, mas já é ansiosamente aguardada.
    • Me chama que eu vou.
  • Projetos literários em andamento:
    • Desencalhando Calhamaços: eu adoro calhamaços, juro, mesmo que seja difícil conseguir uma posição minimamente confortável para a leitura, visto que os braços doem com o peso desses tijolinhos literários. O problema de tentar ler o maior número possível de não lidos da sua estante é que você acaba priorizando as obras de leitura rápida ⎼ enquanto isso, seus calhamaços pegam poeira. Me propus a fazer diferente em 2020 e tentar ler um calhamaço por mês, junto com outros livros de leitura mais tranquila. Vou começar com o maior dos maiores livros da minha estante (Os Miseráveis, por sinal), até o menor entre os maiores.
    • King na Cabeceira: li poucos livros do Stephen King no decorrer da minha vida literária, mas a maioria do que li muito me agradou (tendo como exceção O Pistoleiro, que foi realmente bem difícil de engolir). Tenho algumas obras do autor aqui e vou tentar começar esse projeto por ele, mesmo que saia da ordem cronológica dos lançamentos.
    • Volta ao Mundo em 196 livros: já tem uns bons dois anos que tento fazer esse projeto caminhar e não consigo. Percebi que o problema era que eu estava tentando ler novos livros de algumas nacionalidades, mesmo que eu já tivesse representantes para eles ⎼ sabendo da situação da minha estante, vocês já imaginam porque não deu muito certo adicionar livros além dos que eu já possuía na meta de leitura. Vou fazer um levantamento das nacionalidades que já li e partir daí, depois atualizo essa postagem com a tabela.
Obviamente, para não tornar essa árdua missão ainda mais complicada, vou também me esforçar para restringir novas aquisições apenas a livros que completam séries já em andamento... Mas não prometo nada, risos.

#assistir

Ok. Eu sou péssima com projetos que envolvam assistir filmes. Péssima, péssima mesmo, tão péssima que nem toquei no projeto do ano passado. Numa última tentativa de melhorar o meu consumo de obras audiovisuais, resolvi criar projetos com mais foco:

  • Assistir aos filmes indicados ao Oscar: ainda não tenho noção de quão grande vai ser esse desafio, visto que pelas minhas pesquisas a lista de indicados será divulgada amanhã (segunda, dia 13) pela manhã, mas estou ansiosa por esse projeto porque é algo que eu sempre quis fazer mas nunca levei adiante. Depois atualizo a postagem com o cronograma dos filmes, caso queiram assistir antes do dia 9 de fevereiro também!
  • Assistir aos filmes do MCU: olha, eu não gosto de super-heróis. Ou, pelo menos, acho que não gosto. Tenho um pouco de preguiça. Mas eu já não aguento mais não entender referências, então é em 2020 que isso vai mudar à força. Existe pela internet afora várias imagens explicando a linha do tempo, e pretendo seguir alguma delas para ver na ordem cronológica dos acontecimentos.

#inspirar

Já ha algum tempo que eu queria turistar em Belo Horizonte. Moro aqui há alguns bons anos e sinto que vi muito pouco do que a cidade tem a oferecer. Vi o Projeto 100 em 1 no blog Parafraseando com Vanessa, que basicamente consiste em visitar 100 lugares diferentes no período de um ano. Resolvi dar a louca e tentar também, mas sem o compromisso de cumprir até o final do ano porque... bem porque sou meio caseira, meio preguiçosa, e prefiro visitar lugares nos livros do que na vida real. Mas vou me esforçar pra ser um pouquinho melhor e conhecer outros lugares. Ou, pelo menos, essa é a ideia. Existem algumas regras:

  • Lugares que poderão ser contados no projeto:
    • Peças de teatro diferentes (mesmo que seja no mesmo local);
    • Shows e eventos diferentes (mesmo que seja no mesmo local);
    • Restaurantes/eventos/atrações diferentes (mesmo que seja no mesmo local).
  • Lugares que NÃO serão contados:
    • Cidades/estados/países não contam e sim os lugares que forem visitados em cada local;
    • Lugares já visitados e contados no projeto;
    • Lugares recorrentes como escola, trabalho, cursos, estágios, supermercados;
    • Lugares dentro de um local que já foi contado;
    • Filmes diferentes no mesmo cinema;
    • Lojas em geral.
Ufa! Ainda estão por aí? Estou ansiosa para compartilhar com vocês o progresso dos projetos no decorrer do ano! E vocês, tem alguma meta ou projeto para 2020? Me contem nos comentários!
Não deixe de seguir o Literalize-se nas redes sociais para mais conteúdo: Instagram | Facebook | Twitter
O Literalize-se é integrante do programa de associados da Amazon. Comprando através do link, o blog ganha uma pequena comissão, sem que você pague nada a mais por isso, o que ajuda a manter o site no ar, além de apoiar e valorizar o meu trabalho!
VOA, LIBELINHA
VOA! 🙘


Comentários via Facebook

@literalize.se

© Literalize-se – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in